ProspeCAD no Face

Conversão de topografia local x UTM

Boa noite!
Hoje darei ênfase no assunto de topografia dentro do AutoCAD Civil 3D.
Esta técnica que irei mostrar se trata da transformação de pontos coletados em campo a partir de uma Estação Total ou GPS (X e Y) para o sistema de coordenadas UTM (Leste e Norte) da região de projeto .
Antes de mais nada é necessário dar os devidos créditos ao meu colega Marcelo Vagula que me ensinou o procedimento.
Inicialmente para fazer esta conversão o topógrafo terá que ter em mãos o levantamento topográfico local e pelo menos dois pontos de amarração em UTM. Para isso, utilizei dois exemplos básicos que contém estes dados em txt.



Abra uma template ou configure uma para que este arquivo esteja georreferenciado na zona de sua situação. Neste exemplo farei para o sistema de coordenadas SAD 69 Zona 23 Sul, região correspondente aos levantamentos. Faça isso na aba Settings > Edit Drawing Settings.Veja abaixo.


Com isso vamos importar os pontos de topografia local. Quem adquiriu minha vídeo-aula de loteamento já sabe como importar o grupo de pontos,configurar as informações do template que aparecerá ao lado de todos os pontos e criar uma tabela de pontos. Estes passos serão resumidos nesta minha postagem.
Acesse no menu superior Points e Create Points. Veja abaixo.

Na próxima caixa de diálogo importe o bloco de notas da topografia local selecionando a organização PENZ (space delimitted) e crie um grupo de pontos para eles.
Visualize os pontos na tela pelo Zoom Extents. Antes de aplicarmos a transformação, edite o estilo para que apareça as coordenadas UTM pelo Grid Easting e Northing após a exportação, além das coordenadas reais do levantamento. Veja a tela de estilo para inserir as propriedades.


As duas primeiras propriedades marcadas são da topográfica local e as duas segundas são de UTM que aparecerão na tela após a execução da conversão.
Para fazer a conversão, acesse Edit Drawing Settings > Transformation. Utilize os dois pontos de referência do levantamento mais distantes possíveis, depois faça a comparação dos pontos entre topográfica local e UTM, informando os valores dos pontos correspondentes. Neste exemplo peguei o ponto 1 x ponto 8, com isso o software já entenderá automaticamente as coordenadas do resto dos pontos.
Insira a elevação ao primeiro ponto e use o Reference Point para computar o fator de escala. Veja abaixo.


Após aplicar, veja como os pontos em planta estão batendo com o levantamento dos aparelhos.

Para finalizar, vamos criar a tabela de pontos com as informações de topografia local e de UTM. Para isso precisamos configurar esta tabela, como fazer isso?
Acesse Settings e Table Styles.



Crie uma nova tabela adicionando as colunas para Grid Easting e Northing que serão as coordenadas em UTM Leste e Norte em Add Column.


Faça o passo a passo para inserir as propriedades de coordenadas UTM na tabela desde a inserção dos títulos. Faça de 1 à 4 para Leste e Norte. Veja abaixo.


Para facilitar você pode deixar toda a tabela em português como fiz abaixo. A configuração final para a tabela deverá estar assim:

Após isso, é só gerar a tabela em Add Tables > Add Point Table no menu Anotate e depois preencha como está abaixo, com o estilo da tabela e grupo de pontos correspondente.


Veja o resultado abaixo com os dados de todas as coordenadas.

Veja que a margem de erro está somente nas últimas casas. Para fazer o inverso e converter UTM para topográfica local basta calcular o valor inverso do fator de escala calculado pelo software no campo de Reference Point depois de todos os procedimentos descritos nesta postagem. 
Obrigado à todos e um abraço!

Pesquisar este blog