ProspeCAD no Face

Estudos de caso no site da Autodesk - Infrastructure Design Suite

Bom dia,
Nós da ProspeCAD fomos agraciados em estar presente no site da Autodesk sobre estudos de casos usando a suite de infraestrutura.
É um projeto antigo que foi submetido à competição que ocorre todo o ano que se chama "Autodesk Excellence in Infrastructure Awards" mas que ainda rende comentários e notoriedade nos meios de comunicação da organização. Quem acompanha assiduamente o blog já deve ter lido ou assistido sobre o estudo.
Na época utilizamos diversos produtos, como Civil 3D, Storm and Sanitary Analysis e Infraworks para desenvolvimento do workflow projetando a drenagem e a terraplenagem, que você pode conferir diretamente do site da Autodesk
http://www.autodesk.com.br/suites/infrastructure-design-suite/case-studies/all/gallery-view




Aproveite e veja também os outros projetos feitos com plataformas Autodesk e sistema BIM do Brasil e do mundo!
Obrigado pela visita!

O que você tem curiosidade em aprender no Autodesk Infraworks 360 ?

Boa noite,
Abro a postagem de hoje para os nossos alunos responderem o que mais eles sentem curiosidade de aprender no Autodesk Infraworks 360.
Irei sortear entre as pessoas que responderem aqui no blog uma vídeo-aula de Infraworks (maquete eletrônica) e poderei juntar e elaborar um conteúdo programático com as informações aqui postadas. Não é promessa, é apenas uma proposta inicial, nada concreto ainda...

É importante que quem for aqui postar tente ser detalhista, por exemplo:
- Projetar drenagem (abstrato);
- Aprender a dimensionar e calcular com base em equação X uma tubulação material Y para uma concepção Z de empreendimento (detalhado e objetivo).
Sua participação é muito importante e conto com ela.
Boa sorte no sorteio!
     

Um novo perfil de empresas e pessoas no segmento AEC

Boa tarde,
Entre os diversos benefícios que o BIM pode trazer existe um muito importante, o uso coerente da verba pública e privada.
Para solucionar esta questão é necessário que os setores públicos e privados trabalhem juntos para que tenhamos projetos mais inteligentes, eficazes, confiáveis e responsáveis do ponto de vista da segurança e também em termos financeiros, tornando-os mais sustentáveis e menos onerosos.
Sabemos que uma grande dificuldade no Brasil pelo fato de sua cultura é a morosidade com que as coisas são feitas, gerida muitas vezes pelo desinteresse ou descaso dos orgãos públicos.
Hoje em dia estamos vivenciando fiscalizações sobre o uso exorbitante dos nossos ativos e isso inevitavelmente implicará na exigência de projetos com maior qualidade e confiabilidade com as empresas privadas sendo as maiores afetadas (no bom sentido).E o que o BIM tem a ver ? Tudo, simplesmente pois os requisitos são mais consistentes assim como toda a parte de gestão como já abordado aqui neste blog.
Portanto para que os proprietários e empreendedores se adaptem antes à esta metodologia e também para que consigam uma oportunidade para se tornar mais efetivo do ponto de vista da competitividade são necessárias boas práticas sobre gestões desde o escopo dentro do contrato com o consultor contemplando avaliações e feedbacks para métricas geradas no final do trabalho garantindo o sucesso do projeto e também sobre o gerenciamento de pessoas quando necessitarão buscar interna ou externamente os colaboradores com o perfil de administrador BIM sejam através de prestadores de serviços ou fornecedores com estas qualificações, podendo também negociar ou pré-designar profissionais competentes remanejando-os para tal projeto piloto.
O treinamento para aprimoramento da competências técnicas ou administrativas seja para os terceiros ou internamente é um procedimento importante para que todos da equipe estejam alinhados, integrados e nivelados em prol do BIM, causando uma evolução na parte técnica e organizacional de uma empresa. Dentro disso, um possível plano de implantação é usar estudos antigos feitos em sistema CAD e reconstruí-los em BIM para então comparar as métricas.
Para podermos evoluir com o BIM no país é necessário proprietários que tenham o desejo e a necessidade de se tornarem percursores para serem usados como modelos para outras futuras empresas que dependerão desta mesma demanda de metodologia.
Estamos vivemos uma fase de transformação de processos mais antiquados com menor confiabilidade para outros mais inteligentes, eficientes e responsáveis sempre norteando sobre como deve se fazer projetos no mundo, com forte tendência de mudanças no Brasil.
Portanto, parece obvio e lógico que o modelo BIM é uma alternativa que deve ser implementada nas empresas que querem se manter competitivas no segmento de AEC dentro do cenário atual e tais práticas de gerência devem ser adotadas para tal.


Pesquisar este blog

Carregando...