Problemas e correções na triangulação

Boa noite,
Hoje o post será baseado em um dúvida sobre um projeto que Victor da Tecbras de ES está executando sendo este um suporte técnico do curso que lhe ofereci. A dúvida dele é com relação ao erro de triangulação quando é feita a surface de terraplenagem sobre os corredores. Depois de gerar a surface da somatória dos corredores, pode acontecer da triangulação não interpolar nas quadras do loteamento, sendo isso muito comum para os projetistas. Veja a situação abaixo.


Se ocorrer isso em muitos locais, fica complicado e muito demorado ficar criando e editando pontos ou linhas  da maneira tradicional para acertar a ligação e assim modelar a surface. Portanto, nesse caso, podemos usar um macete.
Trace um alinhamento horizontal de uma ponta à outra no meio da quadra. Na hora que gerar o greide pelo perfil vertical sobre o perfil do terreno (Profile View), inicie com a elevação da rua mais próxima à ela. O mesmo para o término. Veja a explicação em um desenho simples que fiz no CAD. No desenho eu tenho o traçado da rua 1 e rua 2, e o meio da quadra.


Para saber a elevação naquela determinada estaca você pode usar os comandos de criação de COGO POINT. Veja os passos a seguir.



E então selecione a estaca do alinhamento que você quer levantar a cota. Feito isso, inicie e termine o alinhamento do eixo da quadra baseado nesses valores. Faça o greide exatamente como a surface do primitivo. Utilize a seção com a basic lane transition para usar o target na surface do primitivo e coloque uma distância mínima para o pavimento, assim como para a espessura, veja.


Crie o corredor e não esqueça dos targets na surface do primitivo. Pronto! Veja como o Civil 3D gera as triangulações fechando o buraco de acordo com o traçado do alinhamento vertical. É muito importante que o projetista faça todos os corredores como um só em diversas regiões. Sendo assim, nesta situação basta ele adicionar uma baseline (informando o alinhamento horizontal, o vertical e o assembly) e depois uma região, e assim fazer o trecho pendente para preencher a área vaga definindo a estaca zero até a estaca final do trecho.


Por hoje é só. Amanhã espero trazer mais coisas.
Um grande abraço à todos!

Comentários

  1. Ô Garlipp, muito bacana seu post.

    Já tive alguns clientes com problemas parecidos e foi bem isto mesmo.

    Parabéns!

    ResponderExcluir
  2. Olá Alex!
    De vez em quando precisamos resolver alguns problemas que o software não corrige. Para isso existem os "macetes". Obrigado pelo comentário e continue acessando.
    Até mais!

    ResponderExcluir

Postar um comentário